Welcome to the Westex Blog

Where we share our perspective on current trends, best practices, and the future of FR safety.

Cinco atualizações da NFPA 70E para o Planejamento do Programa de EPI

Em sua mais recente edição, a norma NFPA® 70E® 2021 apresenta com destaque a hierarquia de controles de risco, introduzida pela primeira vez na sua edição de 2018.

Reafirmando e enfatizando a importância da hierarquia de controles de risco, sua introdução, e a norma como um todo, chama a atenção para essa ferramenta, que ajuda o setor elétrico a identificar métodos de prevenção e redução de riscos para aqueles que trabalham em sistemas energizados. Muitas das atualizações e mudanças existentes na edição de 2021 trazem um foco mais nítido para a hierarquia dos controles de risco. Read More

SOB MEDIDA: A IMPORTÂNCIA DAS VESTIMENTAS ANTICHAMA ESPECÍFICAS PARA O PÚBLICO FEMININO

Até recentemente, não havia uma preocupação com a modelagem feminina das vestimentas antichama, estas eram de tamanhos maiores e pensadas prioritariamente para o público masculino, em outras palavras uma única modelagem em tamanhos diferentes.

Desta forma, a força de trabalho feminina utilizava vestimentas inadequadas dia após dia em diversos setores da indústria, pois a modelagem era pensada apenas para a maioria da força de trabalho que por sua vez é masculina. Esta era uma demanda constante principalmente em setores como petróleo e gás e concessionárias de energia.

Read More

Five NFPA 70E Updates to Note for Your PPE Program

 

Setting the tone for the latest edition, the 2021 NFPA® 70E® Standard cover prominently features the hierarchy of risk controls, first introduced in the 2018 edition. Recommitting and reemphasizing the importance of the hierarchy of risk controls, the cover—and the standard as a whole—draws attention to this tool, which helps the electrical industry identify risk prevention and mitigation controls for those working on energized systems. Many of the updates and changes found in the 2021 edition bring the hierarchy of risk controls into sharper focus.

Read More

VESTIMENTAS DE PROTEÇÃO TÉRMICA FR/AR: A DEFESA EM ZONA NA PROTEÇÃO CONTRA RISCOS TÉRMICOS

Você é fã de futebol? Provavelmente nunca pensou nas semelhanças entre, como o seu time de coração se defende, e a “defesa” fornecida por uma vestimenta de proteção térmica, que mitiga os riscos térmicos de arco elétrico, fogo repentino e respingos de metais no ambiente de trabalho.

Queremos lhe contar que, em ambos os casos, a defesa em zona do seu time e o EPI Resistente a Chamas para proteção aos riscos térmicos (FR/AR) exercem mais do que uma única função.

Read More

O QUE AS SIGLAS “AR” E “FR” SIGNIFICAM QUANDO SE TRATA DE TECIDO DE PROTEÇÃO TÉRMICA?

COMPREENDENDO AS SIGLAS “AR” E “FR” NO CONTEXTO DOS TECIDOS
DE PROTEÇÃO TÉRMICA.

Na época em que a NFPA (National Fire Protection Association) introduziu pela primeira vez o termo “Arc-Rated” (sigla “AR” – em português “Proteção contra Arco Elétrico”) em sua edição de 2012, ocorreram dúvidas sobre como exatamente essa sigla se aplicava ao mundo das Vestimentas de Proteção Térmica para calor e chamas. Atualmente ainda persistem dúvidas sobre o termo “AR” e como ele se relaciona com outro termo, “Flame-Resistant” (sigla “FR” – em português “Resistente à Chama”) e qual é a diferença entre estas duas terminologias.

Read More

4 pontos importantes na seleção de vestimentas de proteção térmica FR / AR para empresas com operações globais.

Aprenda como proteger melhor sua força de trabalho com a vestimenta antichama apropriada para cada região.

A pandemia global trouxe muitas coisas antes não observadas pela população em geral, incluindo um maior interesse e compreensão sobre os equipamentos de proteção individual (EPI). O cenário de EPI’s tem sido parte integrante dos programas de segurança do trabalho por décadas para os profissionais responsáveis por equipar a sua força de trabalho em atividades que envolvam riscos. Mas o fato de você saber que os EPI’s vão muito além das máscaras faciais não faz com que o processo de seleção seja mais fácil. Adicione a isso as complexidades de uma força de trabalho em diferentes países e terá uma tarefa ainda mais desafiadora.

1. Comece com uma boa avaliação dos riscos

O primeiro ponto a lembrar ao assumir a responsabilidade de garantir que as equipes em vários países tenham vestimentas de proteção térmica FR / AR adequadas é a necessidade de uma abordagem por país . Considerar normas e leis específicas de cada região é o primeiro passo neste sentido. Você pode começar informando-se com organizações locais de saúde e segurança para obter orientação sobre como implementar uma avaliação de riscos em suas operações.

Depois de fazer as avaliações de riscos com uma abordagem local você pode economizar tempo contando com um fornecedor de tecidos que tenha experiência em implementação em vários países, contribuindo com seu processo de seleção de vestimenta para cada região. Os parceiros locais, como confeccionistas, irão ajudar na personalização e customização final para uma total aderência do seu programa.

2. Peça ajuda

É fácil se confundir com uma sopa de siglas – ASTM, NFPA, IEC, IRAM, ABNT, NMX dentre outras. Mas qual é a melhor maneira de entender claramente o que cada sigla significa? Faça perguntas, muitas perguntas. Um parceiro global como a Westex pode explicar o papel de cada organismo de normas e legislação envolvidos neste processo. Nossa equipe está pronta para lhe ajudar a entender quais tecidos atenderão aos vários riscos que a sua força de trabalho enfrentará e a norma de proteção adequada para cada região.

Nossa equipe possui qualificação para orientar as empresas nas normas específicas que devem ser cumpridas e, além disso, adicionar informações como qual será a melhor tecnologia têxtil para o tipo de clima que sua força de trabalho estará sujeita.

3. Pense no processo como um todo

O EPI ideal é projetado para que o trabalhador o utilize. Portanto, embora a análise de riscos e as normas de segurança sejam essenciais para a tomada de decisão, é importante também iniciar seu processo pensando em cada fator que sua força de trabalho enfrentará.

Veja o clima, por exemplo. Uma vestimenta que pode funcionar bem em climas mais frios pode não ser confortável em climas mais quentes. Pergunte-se: em que apectos as tarefas realizadas em várias regiões são diferentes? Que fatores ambientais os trabalhadores de cada região estarão sujeitos? Um local requer uma vestimenta que seja mais leve e facilite a movimentação do trabalhador?

Ao alocar tempo para auditar os principais fatores em cada região você terá elementos para construir um melhor programa de vestimentas de proteção, um componente-chave para manter seus colaboradores seguros.

4. Agilize o processo

Ao escolher um parceiro global como a Westex você terá acesso aos gerentes que se dedicam a várias regiões, garantindo um contato pessoal que trará mais visibilidade aos requisitos de cada região. Além disso, os avanços digitais tornaram mais fácil este contato com nossas equipes globais.

Ao projetar um programa de vestimentas em nível global, lembre-se de que este processo é mais parecido com uma maratona e não uma prova de 100 metros rasos. Planejar este processo avaliando os vários cenários em que sua equipe está trabalhando para estruturar um levantamento criterioso das diferentes normas e condições poderá fazer com que você economize tempo, recursos e potencialmente crie uma melhor relação custo-benefício a longo prazo.

Artigo escrito por Paul Castelli, diretor internacional de vendas e adapatado por Maria Chies, gerente de mercado para América Latina.
Ambos da Westex: A Milliken Brand.

Understanding AR & FR in Protective Fabrics

Just What Do AR and FR Mean When it Comes to Protective Fabric?

 

Back when the National Fire Protection Association (NFPA®) first introduced the term arc-rated (AR) in its 2012 edition of NFPA 70E®, there was confusion about how exactly it applied in the world of protective garments. Even today, questions still linger about the term and how it relates to its counterpart, flame-resistant (FR)—what is the difference between them, exactly?

Read More

Our Commitment

Striving for a Higher Manufacturing Standard

 

 
For more than 70 years, we have made leading innovative flame-resistant (FR), arc-rated (AR) fabrics that serve a variety of industrial and technical industries. We engineer our fabrics from the inside out to guarantee their flame-resistant properties for the life of the garment—where many competing fabrics cannot make the same claim.

By now, you know how much we stress sourcing the FR/AR fabric used in your daily wear or PPE garments. It’s important to know who makes the fabric, how the fabric performs in a battery of industry tests and, most importantly, how it performs on the job. It’s not enough to simply know it’s NFPA® 2112-certified or if it provides Category 2 protection according to NFPA® 70E, for example; you need to know and trust in the fabric brand itself.

We are firm believers in this approach for one simple reason—it’s what’s right for our customers and end users.

Read More

FR/AR Garments: Zone Defense

FR/AR Garments: The Zone Defense of Thermal Hazard Protection Programs

 
Are you a March Madness fan? Chances are, you’ve never contemplated the similarities between zone defense of your favorite basketball team and the “defense” that flame-resistant (FR)/arc-rated (AR) PPE plays in mitigating thermal hazard risks in workplace settings. In either case, solid zone defense and FR/AR PPE do more than just one job.

Read More